Conhecida como terapia de vidas passadas, a regressão é uma técnica realizada em pacientes que buscam acessar uma memória de tempos passados que causa transtornos na vida atual.

Esses traumas podem estar presentes como doença física, emocional ou espiritual. Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo o texto e compreenda como a terapia de regressão pode ajudar.

Como funciona a regressão?

O inconsciente é capaz de guardar lembranças de outras experiências que vivemos anteriormente. Assim, algum acontecimento na vida atual pode desencadear memórias antigas e, junto com as memórias, vêm os sofrimentos e traumas.

A terapia de regressão, portanto, auxilia a superação das memórias negativas. O tratamento acontece da seguinte forma: o terapeuta primeiramente conhece o paciente e, juntos, definem o objetivo do tratamento.

Em seguida, com técnicas de relaxamento, o paciente é conduzido, conscientemente, ao passado. A terapia de regressão não utiliza hipnose. O tratamento é feito de outra forma e o paciente é capaz de reviver as experiências passadas por si mesmo.

Cada sessão trata mais a fundo o que aconteceu em outras vidas do paciente. Ou seja, em cada sessão o regresso é maior e o paciente consegue alcançar memórias mais distantes, o que o liberta do estado traumático.

Quem pode fazer?

A terapia de regressão pode ser feita por quem precisa alterar padrões de comportamento que foram gerados por algum acontecimento do passado. Ao ter acesso à origem do problema, no passado, o paciente compreende o que sente hoje e, muitas vezes, se cura.

Porém, vale ressaltar que esse tratamento possui alguns riscos. Por exemplo, você pode ter contato com alguma memória muito traumática, o que pode até mesmo agravar doenças do coração. A falta de ética e apoio de um profissional não capacitado também pode ser perigoso.

A terapia de regressão é uma boa alternativa para quem já não sabe como lidar com uma fase angustiante. Por isso, compartilhe este texto em suas redes sociais e ajude alguém que possa estar nessa situação.