HO´OPONOPONO – O PODER DA ACEITAÇÃO PRÓPRIA

HO´OPONOPONO - O PODER  DA ACEITAÇÃO PRÓPRIA 2

HO´OPONOPONO – O PODER DA ACEITAÇÃO PRÓPRIA



HO´OPONOPONO – O PODER DA ACEITAÇÃO PRÓPRIA
Eu aceito que tenho medo de não ser bom o suficiente, sofrer por amor, estar envelhecendo, da morte, ficar sozinho, não emagrecer, não ser bonito, ser incapaz e ninguém me amar, de acabar sozinho. Neste momento eu escolho sair do papel de vítima e transmutar toda essa energia, apagar está tudo bem, eu sinto muito por todo o sofrimento, eu me amo, eu amo a vida. “Sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato”
Eu aceito que me sinto envergonhado, humilhado e até sinto inveja, quando sou preterido e as coisas não são como quero. Fico com raiva. Neste momento eu escolho sair do papel de vítima e transmutar toda essa energia, apagar estes registros do meu sistema. Eu escolho ser feliz e ficar em paz comigo mesmo. está tudo bem, eu sinto muito por todo o sofrimento, eu me amo, eu amo a vida. “Sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato”
Eu aceito que fui deixado, demitido, roubado, traído e me sinto mal com isso. Neste momento eu escolho sair do papel de vítima e transmutar toda essa energia, apagar estes registros do meu sistema. Eu escolho ser feliz e ficar em paz comigo mesmo. está tudo bem, eu sinto muito por todo este sofrimento, eu me amo, eu amo a vida. “Sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato”
Eu aceito que errei ao mentir, roubar, bater, gritar, denegrir, humilhar e me sinto mal com isso. Neste momento eu escolho sair do papel de vítima e transmutar toda essa energia, apagar estes registros do meu sistema. Eu escolho ser feliz e ficar em paz comigo mesmo: está tudo bem, eu sinto muito por todo o sofrimento, eu me amo, eu amo a vida. “Sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato”
Eu aceito que me sinto culpado por não estar feliz no meu relacionamento, no trabalho, na minha vida. Neste momento eu escolho sair do papel de vítima e transmutar toda essa energia, apagar estes registros do meu sistema. Eu escolho ser feliz e ficar em paz comigo mesmo está tudo bem, eu sinto muito por todo o sofrimento, eu me amo, eu amo a vida. “Sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato”
Eu aceito que sinto medo quando não sei se sou forte o suficiente para cuidar das minhas responsabilidades, quando o meu companheiro, filhos, pais e entes queridos me tiram do sério e eu tenho ataques de raiva. Neste momento eu escolho sair do papel de vítima e transmutar toda essa energia, apagar estes registros do meu sistema. Eu escolho ser feliz e ficar em paz comigo mesmo. Inspire profundamente e expire como se estivesse jogando para fora toda esta energia que não lhe serve mais. “Sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato”
Eu aceito que tenho medo de fracassar por não me sentir capaz. Neste momento eu escolho sair do papel de vítima e transmutar toda essa energia, apagar estes registros do meu sistema. Eu escolho ser feliz e ficar em paz comigo mesmo. Inspire profundamente e expire como se estivesse jogando para fora toda esta energia que não lhe serve mais “Sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato”
Eu aceito que não sei o que fazer da minha vida, que estou perdido e isso me faz sentir mal comigo mesmo. Neste momento eu escolho sair do papel de vítima e transmutar toda essa energia, apagar estes registros do meu sistema. Eu escolho ser feliz e ficar em paz comigo mesmo. Inspire profundamente e expire como se estivesse jogando para fora toda esta energia que não lhe serve mais.
• “Sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato”

source

*

Rolar para cima