Ho’oponopono Amor Próprio Consciente

Ho’oponopono   Amor Próprio Consciente 2

Ho’oponopono Amor Próprio Consciente



Ho’oponopono – Amor Próprio Consciente

Eu me perdoo por cada passo que dei e cada queda que levei até o presente momento.Eu me amo
Eu me reconheço
Eu me aceito
Eu me agradeço
Eu sinto muito. Por favor, me perdoe. Eu te amo, sou grato. Agradeço a oportunidade de libertar essas memórias e a mim.
De agora em diante, e para sempre, eu escolho me curar, me cuidar e me amparar a cada passo… com todo amor e carinho.
Eu permito ao Amor Divino me preencher. Eu me amo. Agradeço a Divina liberdade e a cura.
Eu me perdoo por cada momento em que tive ansiedade com relação ao tempo do meu crescimento pessoal.
Eu sinto muito. Por favor, me perdoe. Eu te amo, sou grato. Agradeço a oportunidade de libertar essas memórias e a mim.
De agora em diante, e para sempre, eu escolho entender que a minha força se refaz no meu tempo e nele meu coração celebra.
Eu permito ao Amor Divino me preencher. Eu me amo. Agradeço a Divina liberdade e a cura.
Eu me perdoo por todas as vezes em que me critiquei de forma improdutiva, que me culpei de forma doentia, que drenei a minha sagrada energia.
Eu sinto muito. Por favor, me perdoe. Eu te amo, sou grato. Agradeço a oportunidade de libertar essas memórias e a mim.
De agora em diante, e para sempre, eu escolho jamais me criticar ou culpar de forma improdutiva novamente. Eu escolho conscientemente jamais drenar outra vez a minha sagrada energia. De agora em diante, e para sempre, eu escolho fazer autocríticas construtivas, e assumir 100% de responsabilidade por tudo o que experimento na minha vida.
Eu permito ao Amor Divino me preencher. Eu me amo. Agradeço a Divina liberdade e a cura.
Eu me perdoo por todas as vezes que deixei de me respeitar, por todas as vezes que impedi a leveza e a alegria de fazerem parte da minha vida.
Eu sinto muito. Por favor, me perdoe. Eu te amo. Sou grato. Agradeço a oportunidade de libertar essas memórias e a mim.
De agora em diante, e para sempre, eu escolho respeitar o meu tempo de florescer a cada dor. De agora em diante, e para sempre, eu escolho conscientemente me permitir a leveza e a alegria.
Eu permito ao Amor Divino me preencher. Eu me amo. Agradeço a Divina liberdade e a cura.

source

*

Rolar para cima