Auto confianca - confie em você mesmo

Autoconfiança: veja como melhorar esse quesito

A autoconfiança é acreditar que você pode e vai alcançar seus objetivos na vida. Ou seja, é certeza que ainda que surjam obstáculos em seu caminho você dará um jeito de contorná-los, ultrapassá-los e se ver vitorioso em seu objetivo.

Por sua vez, a autoestima é estar bem consigo mesmo, é sentir-se bem em seu próprio corpo, reconhecer suas capacidades e estar ciente de que você é uma pessoa com um valor intrínseco.

Ambas as ideias se complementam, ainda que não seja a mesma coisa. Portanto, a autoconfiança e autoestima são muito importantes na construção de uma vida plena e agradável. O desenvolvimento de ambas pode se dar de forma espontânea, ou pode ser que seja necessário trabalhar cada uma com um pouco mais de atenção.

Por isso preparamos esse texto para te ajudar a desenvolver sua autoconfiança e utilizá-la mais adequadamente para alcançar seus objetivos. Continue a leitura e se informe melhor!

Como desenvolvemos nossa autoconfiança?

A autoconfiança é uma forma de pensamento que, na maioria das vezes, deve ser trabalhada e incentivada o tempo todo. Não é fácil nos mantermos sempre positivos em relação ao que nos acontece no dia a dia, e é muito raro uma pessoa que consiga tal feito.

Todos os dias cobranças são feitas, seja sobre a forma como cortamos o cabelo, nossas escolhas de vestuário, nosso vocabulário, o que lemos, o que ouvimos. Cobranças da sociedade, cobranças familiares, auto cobrança.

Sentir-se bem no próprio corpo, sentir-se em paz com as próprias opiniões é um feito e tanto. Mas, caso você ainda não tenha alcançado esse patamar, não se desespere. É perfeitamente natural termos dúvidas, momentos de cansaço mental, de pessimismo.

A parte boa é que uma pessoa autoconfiante não está, necessariamente, autoconfiante o tempo todo. Ou seja, a autoconfiança é algo a ser trabalhado, construído e reconstruído todos os dias.

Então, como aumentar a autoconfiança?

Pense positivamente sobre si mesmo

Se você quiser faça uma lista com suas qualidades e com suas conquistas. Coloque na ponta do papel aquilo que você mais gosta em você mesmo, tanto as características físicas quanto as psicológicas.

Faça também uma lista com tudo o que você já conquistou, não importando o tamanho dessas conquistas. Cada pessoa tem seus desejos e sonhos e o tamanho deles só é relevante para a própria pessoa.

Mantenha essas listas atualizadas e próximas dos seus olhos. Quando se sentir triste e deprimido dê uma lida. Entenda que sua vida não é uma corrida, é uma caminhada, uma viagem e você pode apreciar todo o caminho.

É fundamental que você se sinta satisfeito com o que viu até o momento e esteja sempre curioso com o que o aguarda no futuro.

Cuide de sua aparência

Sentir-se bem consigo mesmo é um ponto essencial na construção da autoconfiança e da autoestima. Você não precisa de roupas de marcas famosas, ou se encaixar no padrão de beleza que a sociedade diz que é o correto. O que importa e você gostar do que vê no espelho. Busque a limpeza, o conforto, o bem estar.

Leve uma vida saudável

Faça exercícios, se alimente saudavelmente, desfrute de momentos de lazer. Viver bem é separar um momento para se conectar com seu próprio corpo, para exercitar corpo e mente, para se sentir bem. Exercícios e alimentação saudável são etapas importantes no processo da autoconfiança.

Concluindo, a autoconfiança é um exercício diário. Portanto, não se sinta frustrado se não conseguir se sentir bem todos os 365 dias do ano. A vida é feita de altos e baixos e a forma como escolhemos lidar com momentos de tensão e tristeza é o que nos define enquanto indivíduos.

Além de tudo isso, momentos adversos são capazes de nos fazer enxergar como indivíduos mais fortes e capazes. O que achou deste conteúdo? Se você gostou de nossas dicas compartilhe com seus amigos nas redes sociais e ajude a difundir esse conceito de autoconfiança.

GOSTOU? CURTA E COMPARTILHE, NÃO ESQUEÇA DE DEIXAR SEU COMENTÁRIO, SUCESSO!